Brasil-desponta-como-um-mercado-chave-para-investidores-de-ecommerce

O cenário do e-commerce no Brasil não podia ser melhor. Segundo relatório da e-bit (26ª edição), o e-commerce cresceu 21% no primeiro semestre de 2012, totalizando R$ 10,2 bilhões em faturamento.  No mesmo período, 5,6 milhões de pessoas compraram pela primeira vez na internet.

Essa realidade representa uma excelente oportunidade para todos os empresários que trabalham com o varejo, especialmente os que trabalham no comércio de eletrodomésticos” (13% do total) e “Saúde, beleza e medicamentos” (13%). O segmento de “Moda e Acessórios” (11%), “Livros, assinaturas de revistas e jornais” (10%) e “Informática” (9%) também expressam liderança em vendas on-line.

E a oportunidade não está apenas com os empresários. Os consumidores também se beneficiam do e-commerce. Os 12 milhões de cupons vendidos a um preço médio de R$ 60,00 no primeiro semestre de 2012 representou uma economia de R$ 1,4 bilhão nos bolsos dos brasileiros.

Tablets e Smartphones

Em junho de 2012, as vendas pela internet via tablets e smarthphones representaram 1,3% do total. No mesmo período de 2011, este índice era da 0,3%. Este crescimento pode parecer pouco, mas ele representa uma diferença de mais de R$ 10 milhões em faturamento.

As mulheres se destacam como o principal público, com 53% do total de e-consumidores que utilizam Smartphones e Tablets para efetuar compras pela internet.

 Varejo x e-commerce

Os índices divulgados todos os meses pelo IBGE a respeito do crescimento do varejo no Brasil aumentam ainda mais a relevância e oportunidade do e-commerce.

Desde janeiro de 2012, o varejo no Brasil nunca ultrapassou um crescimento de 3% em volume de vendas. De junho para julho de 2012, o crescimento foi de 1,4%. Já o e-commerce registra crescimento acima de 15% desde janeiro, e 21% no primeiro semestre do ano.

Espera-se que o segmento de e-commerce cresça 20% no segundo semestre. Se isto acontecer, o e-commerce no Brasil fechará o ano de 2012 com o índice recorde de R$ 22,5 bilhões, um crescimento nominal de 20% em relação ao ano de 2011.

Como posso começar?

Para um e-commerce de sucesso é preciso dedicação para realizar todas as etapas de necessárias antes mesmo da implantação da loja virtual. O mais importante é entender as motivações de compra do seu consumidor e oferecer um ambiente confiável, intuitivo e planejado para o chamado “funil de marketing”, que representa a estratégia de induzir o usuário ao objetivo desejado, que no caso do e-commerce, é a venda.

Para auxiliar a implantação de seu novo e-commerce, selecionamos abaixo dois links interessantes:

Os 10 passos para um e-commerceBlog do E-commerce

Os 14 passos para o sucesso dos projetos de e-commerceCIO Uol

 


Parse error: syntax error, unexpected 'if' (T_IF) in /home/tectriadebrasil/www/blog/wp-content/themes/twentynineteen/comments.php on line 102